Monthly Archive setembro 2020

Alude, startup do setor imobiliário, recebe aporte de USD 3,3 milhões

A Alude, plataforma que promete otimizar o dia a dia dos corretores e o aluguel, fechou sua rodada seed com um aporte de USD 3,3 milhões co-liderado pelos fundos de investimento Ribbit Capital, Y Combinator, Maya Capital e GFC. Também participaram da rodada os investidores pessoas físicas como Hugo Barra e os fundadores da Stone, Vivareal, Wildlife, Brex, Gympass, Ingresse e Plaid. Com os recursos, a startup pretende aprimorar o produto e escalá-lo, aumentando a distribuição para os corretores.

Com tecnologia própria, a Alude desenvolveu uma plataforma capaz de automatizar o processo de locação. O software é responsável pela verificação de antecedentes, coleta de documentos, assinatura online e compra de seguros. Isso possibilita redução de custos e horas de trabalho para os corretores, que deixam de perder clientes devido à burocracia. Já os inquilinos e compradores vão ter uma experiência segura e rápida – é possível concluir todo o processo em apenas um dia. O produto é oferecido de forma gratuita para imobiliárias tradicionais.

“Nossa missão é empoderar o corretor com as ferramentas e conhecimento necessários para que ele foque toda a sua atenção no cliente, melhorando o atendimento, sem se preocupar com prazos e burocracias. Queremos atuar em todo o território brasileiro e nos tornar a maior companhia de seguro residencial e fiança locatícia da América Latina”, explica Alexandre Dubugras, CEO da Alude.

O faturamento da companhia é proveniente da venda de produtos financeiros e domésticos para seus clientes, como seguros, por exemplo. No futuro, a Alude pretende atuar como concierge e oferecer entre outros serviços, internet, móveis, logística para mudanças, além de processar pagamentos.

Crescimento

Até o fim de 2020, a plataforma deve ser utilizada apenas por uma pequena lista de corretores convidados – 150 deles já utilizam o produto com 100% dos clientes, enquanto 150 aguardam na lista de espera. A expansão está prevista para 2021.

“Nossa meta é fechar o próximo ano com 20 mil locações. Contar com a confiança de fundos nacionais e estrangeiros apostando em nosso negócio é uma grande motivação para aprimorar ainda mais nossa solução e ganhar escala”, afirma Alexandre.

Empreender durante a pandemia

Apesar das incertezas que dominaram o ecossistema nos últimos meses, a pandemia acelerou o processo de digitalização, dando ainda mais força para o software da Alude. Isso porque o sistema permite que o cliente faça todo o processo via internet, em uma única plataforma. “Conseguimos nos aproximar dos corretores e mostrar que nosso produto pode ser um grande aliado no dia a dia”, declara Dubugras.

Tags,

Homer registra crescimento de 25% durante a pandemia

Mesmo diante de um cenário de crise causado pela pandemia, expectativas e resultados positivos sobre o mercado imobiliário ganharam destaque e ofuscaram as previsões negativas para o setor do início da quarentena, impulsionando até mesmo o crescimento de empresas do setor. É o caso do Homer , aplicativo gratuito que conecta corretores em todo o Brasil, que só nos últimos dois meses, registrou um aumento de 25% na busca de clientes por imóveis. Para atender a essa demanda, que só tende a subir, o quadro de colaboradores da empresa cresceu 25%, e o número de corretores cadastrados na plataforma pulou para 50 mil, uma alta de 11%.

Com o objetivo de fortalecer o suporte ao time de gestores da companhia e aos profissionais do setor que utilizam o app, e facilitar suas negociações com dicas e estratégias de quem entende – e muito – do assunto, o Homer trouxe para compor o conselho da empresa, Sérgio Freire, cofundador e ex-CEO da Brasil Brokers – um dos maiores grupos de vendas de imóveis do país. Para Livia Rigueiral, CEO do Homer, a presença de Freire no conselho consultivo vem para potencializar os serviços já oferecidos pelo aplicativo, como parcerias entre corretores, assessoria de marketing e jurídica. “Além do todo o conhecimento que o Sérgio Freire tem a ser compartilhado referente ao ramo, afinal, foram muitos anos à frente da Brasil Brokers, ele possui um know-how apurado sobre as necessidades urgentes do mercado. Compreender e suprir essas necessidades com rapidez, sem dúvidas, nos coloca à frente”, conta Livia.

No atual momento que estamos vivendo, por exemplo, Homer vê grandes oportunidades de negócios – tanto para os corretores, quanto para os donos de imóveis. Isso porque, com a queda nos rendimentos de títulos de renda fixa, como a poupança e o tesouro Selic, os investidores voltaram a ver os imóveis como investimento – com valorização das propriedades, além da renda do aluguel. Segundo a CEO da startup, “também não podemos deixar de considerar que muita gente está passando mais tempo em casa e, consequentemente, buscando melhor infraestrutura e bem-estar no conforto do lar. O perfil do consumidor está mudando e o corretor precisa acompanhar essa mudança. Para isso, pode contar com o suporte do Homer”, conclui.

Ajudar os corretores a se atualizarem e se destacarem no mercado – no ritmo da evolução tecnológica e dos novos comportamentos de consumo – tem sido o foco do Homer desde sua criação em 2016. Não à toa, além de proporcionar esse tipo de interação com grandes nomes do setor, há também uma preocupação em oferecer suporte, materiais de estudo para atualização, lives e, até mesmo, organizar eventos online em parceria com o COFECI – Conselho Federal de Corretores de Imóveis – eventos estes que, até o momento, já capacitaram mais de 12 mil corretores e os colocaram a par de todas as novidades e discussões do mercado imobiliário. A exemplo do aplicativo, todos os materiais de aprimoramento desenvolvidos pelo Homer são gratuitos e podem ser acessados no site: www.homer.com.br/blog.

Tags,

ABRAINC: Brasil precisará de 30 milhões de novas moradias na próxima década

Estudo inédito da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) revela que o déficit habitacional no Brasil caiu 1,5% entre 2017 e 2019. O país atingiu déficit de 7,797 milhões de moradias no ano passado, ante 7,918 milhões registrados em 2017. A queda foi puxada pela redução de 9,3% no número de habitações precárias no país, que recuaram de 963 mil para 874 mil entre os anos.

“A queda reflete o efeito das políticas públicas para expansão popular no país, com foco na redução do déficit para família mais pobres. É importante que o Estado brasileiro tenha acesso a esse tipo de informação para tomar decisão de seguir subsidiando a construção de habitação popular no país”, afirma o presidente da Abrainc, Luiz Antonio França.

O Nordeste foi a região com a maior queda no déficit nos últimos 15 anos. A região passou de um déficit de 2,8 milhões de moradias, em 2004, para 2,3 milhões em 2019. Enquanto no Sudeste, a carência por moradias subiu de 2,9 milhões de unidades (2004) e 3,1 milhões (2019).

A pesquisa mostra, ainda, crescimento de 2% na categoria chamada “ônus excessivo com aluguel”, ou seja, a locação residencial por famílias com renda de até três salários mínimos que comprometem mais de 30% do rendimento mensal para morar. A modalidade representa 3,345 milhões de moradias do déficit habitacional do país em 2019, ante 3,279 milhões em 2017.

O estudo indica haver uma demanda de 30,7 milhões de residências até 2030, considerando o crescimento médio de 3% na formação de novas famílias. Com destaque para famílias com renda de entre 3 e 10 salários mínimos precisarão de 14,4 milhões de residências. Famílias com renda de até três salários mínimo, que vão demandar 13 milhões de novos domicílios. Já aquelas com mais de 10 salários de renda, 3,3 milhões de habitações.

C&C completa 20 anos como uma das maiores redes de home center multiplataforma do país

A maior rede de home center 100% brasileira e pioneira nacional no e-commerce de varejo de construção, reforma e decoração, a C&C Casa&Construção completa, em 15 de outubro, duas décadas de atuação no mercado, orgulhando-se por saber capturar o contexto de cada período, traduzir as tendências de mercado e acompanhar as transformações dos consumidores. Mantendo-se conectada às demandas de consumo desde a abertura da sua primeira loja física, na cidade de São Paulo, em 2000, a marca se posiciona como a maior revendedora de pisos, revestimentos e porcelanatos e uma das maiores em materiais de acabamento e construção em geral do país.

A C&C é resultado da fusão das empresas Conibra e Madeirense e da integração das companhias Uemura Home Center e Castorama. Pertencente ao conglomerado financeiro Alfa, a C&C ampliou sua participação no mercado ao longo dos anos e, hoje, detém um diversificado mix de produtos para construção, casa, decoração e jardinagem com soluções completas para todas as etapas de uma obra.

A rede tem em seu portfólio algumas das maiores e melhores marcas nacionais e internacionais do segmento, além de suas marcas próprias – Casa Nova e Metropac-, cujos produtos podem ser encontrados em suas 37 lojas físicas localizadas estrategicamente nos estados de São Paulo, nas regiões da capital, Grande São Paulo, Baixada Santista e interior; Rio de Janeiro, na capital e Baixada Fluminense; e Espírito Santo, na Grande Vitória. Os pontos de venda físicos seguem layouts em observância ao comportamento e às necessidades dos frequentadores. A marca possui, ainda, dois centros de distribuição situados em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Durante a sua trajetória, a C&C tem fortalecido o relacionamento com seus clientes e apresentado novas modalidades de venda e serviços, a fim de oferecer uma melhor experiência aos seus consumidores. Nesse sentido, a rede foi o primeiro home center a comercializar seus produtos no e-commerce, canal onde está presente desde 2001. Televendas, WhatsApp e celular são outros formatos de compra disponibilizados pela marca.

Ação especial

Nesta data tão emblemática, a C&C escolheu presentear seus clientes durante dois meses de festa, ajudando-os a realizarem seus sonhos, sejam eles quais forem. Entre os dias 01 de outubro e 30 de novembro, além de preparar ofertas especiais, o Aniversário C&C Promoção #Festou sorteará 10 prêmios instantâneos diários nos valores de R﹩ 200, R﹩ 400 e R﹩ 500 e dois prêmios maiores, no valor de R﹩ 40 mil, ao fim de cada um dos meses.

A C&C entende que este é um momento em que as pessoas estão retomando planos que ficaram suspensos devido a todos os desafios que foram enfrentados neste ano, em razão da pandemia. Por isso, a marca quer colaborar para que seus clientes reativem os seus planejamentos e estejam mais próximos de seus sonhos.

“Algumas pessoas querem reformar a casa, outras pretendem fazer um novo curso, programar uma viagem, empreender ou até mesmo quitar uma dívida. Acreditamos que a melhor forma de celebrar as nossas duas décadas de atuação é mostrar que estamos ao lado delas nesse processo”, afirma Marcelo Roffe, diretor geral da marca.

Para concorrer, basta que o cliente efetue compras acima de R﹩ 50,00 em qualquer uma das lojas físicas da C&C, no site ou no televendas e cadastre o cupom fiscal correspondente no site cec.com.br/promocaofestou. Após o cadastro, o consumidor ganhará um número (ou números) da sorte para concorrer na hora aos prêmios instantâneos e também ao prêmio maior, de R﹩ 40 mil. Depois, é só guardar o cupom e torcer. Cada cliente poderá concorrer com, no máximo, 100 números da sorte, equivalentes a R﹩ 5 mil em cupons por etapa da promoção.

Para mais informações, acesse: http://www.cec.com.br/

Tags, , ,

Pandemia trouxe de volta a vontade de morar em casas

Seed Incorp, construtora especializada em casas de alto padrão, surpreende com performance positiva no período. Meta de vendas prevista para o ano todo foi cumprida em seis meses


No primeiro semestre, o Brasil foi duramente impactado pela pandemia da Covid-19. Em poucas semanas, os hábitos dos brasileiros mudaram com o fechamento de espaços públicos, o home-office como forma de trabalho e a impossibilidade do convívio social a partir das determinações de isolamento. Apesar do impacto econômico gerado por essa realidade, um setor que se manteve estável e com os canteiros em pleno funcionamento foi o da construção civil, movido principalmente por uma nova necessidade percebida pelas pessoas durante este ano: a de morar em espaços maiores.

Segundo a Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias), entre os meses de abril a junho, o setor imobiliário avançou cerca de 9,7%. O resultado foi favorecido pela queda da taxa Selic, que atingiu 2%, sua menor porcentagem em toda a série histórica. Mas engana-se quem pensa que os compradores foram mais cautelosos durante a pandemia e investiram em imóveis mais baratos, como apartamentos menores. A busca por casas e condomínios horizontais voltaram à lista de desejos da maioria das pessoas que entenderam a importância de viver em um espaço maior, com conforto, segurança e bem-estar.

Nesse cenário, a Seed Incorp, construtora e incorporadora da cidade de São Paulo focada em condomínios horizontais de alto padrão, surpreendeu-se com o sucesso de vendas durante os meses de maio a julho. Até então, uma meta ousada de venda havia sido estabelecida para 2020: crescer cinco vezes mais. No entanto, com a chegada da pandemia as perspectivas ficaram difusas. “Tudo isso parecia estar fora de alcance, mas mesmo assim o objetivo anual foi atingido em seis meses”, diz Fernando Montenegro, CEO da empresa.

De acordo com Montenegro, o sucesso de vendas é consequência do sentimento das pessoas em relação ao momento: “Este período acelerou o desejo das pessoas de morar em um espaço maior, de ter uma casa que você pode pisar na grama, sair de um ambiente apertado. As casas são mais convidativas, têm o verde no quintal, espaço para as crianças brincarem e também é vantagem para quem gosta de pets. Muitas pessoas não querem mais um apartamento com condomínio para não poder usar churrasqueira e piscina, então é melhor ter uma casa onde tenha isso”, afirma.

Outra explicação para a rapidez das vendas pode ser a inovação da Seed e o fato de a empresa ser líder no segmento de condomínios horizontais de alto padrão na cidade de São Paulo. “Durante muitos anos, os apartamentos compactos estiveram na preferência de compra das pessoas. Mas sabemos que o mercado é cíclico e enxergamos uma oportunidade enquanto muitas construtoras focaram na pequena metragem. Enquanto isso, criamos o Casa Jardim, um ecossistema que liga segurança, privacidade, integração e espaço, preenchendo esse mercado. Somos pioneiros nesse modelo”, comenta o CEO.

A Seed ainda tem dois lançamentos previstos para esse ano, ambos na zona sul, no Alto da Boa Vista. Um deles já tem 70% dos produtos reservados, e o outro 56%, confirmando o sucesso das casas de alto padrão mesmo neste período conturbado.

Tags, ,

Construtivo lança visualizador em BIM para supervisão de obras

A revolução do processo construtivo por meio de soluções de Inteligência Digital é uma das premissas do Construtivo, companhia de Tecnologia da Informação especializada no setor de engenharia e construção. Por isso, a empresa lança sua própria solução de visualização em BIM, oferta que antes era fornecida pela empresa por meio de empresas parceiras.

Diferente das demais soluções do mercado, que são utilizadas em projetos, a proposta do Construtivo é voltada à supervisão de obras. O modelo permite visualizar, de forma integrada, vários aspectos, como a arquitetura e os sistemas hidráulico e elétrico, garantindo o controle das obras e a ampliação da produtividade.

“O principal objetivo da solução é realizar o acompanhamento das obras de maneira mais segura, garantindo a execução correta dos projetos para evitar o retrabalho, além de agilizar a comunicação”, comenta Marcus Granadeiro, CEO do Construtivo. O executivo também ressalta que o visualizador foi desenvolvido para ser integrado com os aplicativos para celular. Isso significa que a transferência de dados da obra para o BIM ocorre sem processos intermediários.

Outro diferencial da solução é não transitar dados para outras plataformas. Este aspecto está adequado à LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais), que acaba de entrar em vigor, sobretudo quando a ferramenta é comparada com as plataformas estrangeiras, cuja guarda de dados é um ambiente sobre o qual não se tem conhecimento.

Tags, ,

Arcari confirma certificação máxima no PBQP-H

A Arcari confirmou uma importante conquista que reafirma seu compromisso com a qualidade dos empreendimentos entregues no segmento da construção civil. Pelo décimo primeiro ano consecutivo, recebeu a certificação máxima do Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat (PBQP-H), ou seja, em nível A.

Esse reconhecimento é fruto de uma série de diferenciais mantidos pela empresa, entre eles um sistema de gestão da qualidade integrado e funcional. Essa estrutura de controle garante o seguimento de normas e procedimentos que se traduzem diretamente na qualidade dos serviços e projetos entregues ao cliente, bem como na gestão e atendimento. Também atesta o comprometimento da Arcari com o objetivo da evolução continua pilares que firmam sua condição de empresa sólida, estruturada, responsável e com visão de futuro clara, focada na satisfação do cliente e agilidade na entrega.

A Arcai é qualificada pelo PBQP-H desde 2007, quando recebeu a certificação pela primeira vez, no nível D, subindo um degrau no ano seguinte e chegando, em 2009, ao nível de excelência, onde permanece até hoje. O PBQP-H é um instrumento do Governo Federal que organiza o setor da construção civil em torno de duas questões principais: a melhoria da qualidade do habitat e a modernização produtiva.

Além desse título, a Arcari é detentora do ‘Selo Casa Azul + Caixa’, no nível Diamante – a mais alta outorga concedida pela Caixa Econômica Federal aos projetos habitacionais brasileiros, conquistada de forma pioneira pela construtora bento-gonçalvense no país. Hoje, a empresa é a 30ª maior construtora do Brasil segundo o Ranking Intec/2020, que garante padrões de controle e gestão reconhecidos internacionalmente, evidenciando a preocupação com a melhoria contínua e o compromisso com a excelência.

Estudo sobre déficit habitacional será apresentado em fórum da Abrainc

A Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc) vai apresentar, nesta terça-feira (29), um estudo inédito sobre o déficit habitacional no Brasil. O documento será apresentado no fórum virtual “Novas Políticas Habitacionais: Um Debate para o Futuro do Brasil”.

Participam do evento o ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional), empresários, representantes de entidades do setor construção civil e porta-vozes da Caixa Econômica Federal e do Bradesco.

O estudo trará informações como: número de domicílios necessários para suprir a demanda atual por moradia; a evolução do número de morarias precárias no país; e uma projeção sobre o número de domicílios necessários até 2030.

PROGRAMAÇÃO

Data: 29 de setembro de 2020

Horário: das 16h às 18h

Clique aqui para inscrever

Participantes:

– Luiz Antonio França, presidente da Abrainc

– Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional

– Alfredo dos Santos, secretário nacional de Habitação

– Jair Mahl, vice-presidente de habitação da Caixa Econômica Federal

– Romero Albuquerque, diretor de crédito imobiliários do Bradesco

– Rodrigo Osmo, presidente da Tenda

– Basílio Jafet, presidente do Secov-SP

– José Carlos Martins, presidente da CBIC

– Odair Senra, presidente do Sinduscon-SP

Portinari é apoiadora oficial da nova edição da CASACOR

A Portinari, uma das maiores marcas de revestimentos do Brasil, é apoiadora oficial do evento Janelas CASACOR.

Em novo formato este ano, o Janelas CASACOR irá expor vitrines espalhadas pelo Brasil, com a materialização da casa na visão do elenco de profissionais da CASACOR, que terá como desafio alguns questionamentos que fazem parte da vida de todas as pessoas: O que mudou em nossos lares neste momento que estamos vivendo? Quais são nossas novas necessidades e anseios? Tudo será digital ou ainda resta espaço para o contato?

Com a edição 2020 de CASACOR – a mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas – adiada, o formato do Janelas CASACOR vem como resposta ao momento que estamos vivendo.

Esse exercício criativo e de reflexão, com o objetivo de tornar tangíveis, conceitos e ideias de quem pensa a casa, transformando tudo isso em soluções para nossas angústias, traduzindo a casa dos novos tempos já tem grandes nomes do segmento de arquitetura, decoração, design e paisagismo confirmados.

Em Brasília (DF), a edição do Janelas CASACOR acontece de 2 de outubro a 2 de novembro e a Portinari estará presente nos espaços dos profissionais Miguel Gustavo, Larissa Dias e Entre Quadra Arquitetos. A edição de São Paulo acontece do dia 8 de novembro a 8 de dezembro e a marca estará presente nas vitrines de Sig Bergamin, Murilo Lomas, Gabriel de Luca, Erica Salguero e Gustavo Martins.

A Portinari também apoiará o evento em Ribeirão Preto, que acontecerá de 10 de novembro a 20 de dezembro, e em Minas Gerais, de 30 de outubro a 30 de novembro.

Para conferir a agenda completa do Janelas CASACOR pelas diversas cidades no Brasil, acesse: http://casacor.abril.com.br/noticias/janelas-casacor-confira-os-locais-e-datas-das-exposicoes-pelo-brasil/

Semana dos Incorporadores: Imovelweb e VMV Group realizarão evento online e gratuito para executivos do setor

O Imovelweb, um dos maiores portais imobiliários do País, e o VMV Group promovem, de 28 de setembro a 2 de outubro, a Semana dos Incorporadores, um evento online e gratuito voltado às incorporadas. A programação incluirá palestras, debates e apresentação de cases de sucesso.

Ao longo dos cinco dias, os debates irão abordar temas como gestão de leads, tecnologia, comportamento, consumo e futurologia. Entre os palestrantes confirmados estão:

Leonardo Paz, CEO do Imovelweb; Tiago Galdino, CFO do Imovelweb; Tatiane Guelfi, gerente comercial do Imovelweb; Marcelo Volker, diretor de planejamento da VMV Group; Bruno Gama, fundador & CEO da Credihome; Eduardo Tinari, cofundador, COO & CCO da Keyfast; Gil Vasconcelos, diretora de incorporação da Kazzas; Glauco Farnezi, fundador & CEO do App Facilita; Cristiano Rabelo, CEO do Grupo Prospecta; e François Rahme, CEO da F2 Incorporadora e Construtora.

Paralelamente, a Semana dos Incorporadores realizará 20 lives com a participação de executivos renomados do setor. O objetivo é discutir os caminhos para digitalizar as áreas de comunicação e vendas, como agregar valor aos imóveis de alto padrão, o futuro dos imóveis corporativos, como avaliar pesquisas de mercado e consumo, entre outros temas. 

“A pandemia mudou a relação das pessoas com os imóveis. O que era importante antes, como localização próxima ao metrô, pode não ser a prioridade neste momento para se ter uma residência com mais espaço. Vivemos um momento de mudanças com grandes oportunidades para as incorporadoras e construtoras. Este evento será uma oportunidade para refletirmos o cenário atual e analisar tendências que irão nortear o setor nos próximos meses e anos”, destaca Leonardo Paz, CEO do Imovelweb.

“Entendemos que o mercado de incorporação está em um momento muito positivo, porém também de muitos avanços que precisam ser acompanhados pelos incorporadores. Por isso, a necessidade de compartilhar experiências, vendo o que está acontecendo não só no Sudeste, mas em outras regiões do País. Esse evento é feito para os incorporadores debaterem assuntos estratégicos do seu dia a dia, que desafiam seus negócios. Esse é nosso objetivo”, comenta Vinícius Marques, Growth Strategy Director do VMV Group.

SERVIÇO

Semana dos Incorporadores

Data: 28 e setembro a 02 de outubro de 2020

Mais informações: www.semanadosincorporadores.com.br

Tags, ,