6 dicas para vender seu imóvel mais rápido

6 dicas para vender seu imóvel mais rápido

Se você está tentando vender seu imóvel há meses e não consegue fechar negócio, ou se é corretor de imóveis e está estagnado, a FullFreela, plataforma para artistas 3D, preparou dicas que podem te ajudar a elaborar um anúncio atraente e a chegar a um preço ideal para os dois lados.

Segundo o criador da plataforma, Leonardo Bartz, detalhes fazem a diferença para não perder negócio em tempos de baixa liquidez no mercado imobiliário. Confira a seguir 6 dicas para vender o imóvel rápido sem baixar demais o preço.

1. Documentação em dia

Após a negociação de um imóvel, o novo proprietário precisa ter toda a documentação em dia para realizar a transferência de propriedade e atestar sua compra. Por isso, quem busca um imóvel e entende do mercado tem como requisito a compra de um completamente regular e sem pendências.

Se quiser vender rápido, portanto, procure resolver todos as pendências antes mesmo da divulgação. Quem tiver pressa para adquirir uma propriedade dificilmente vai aceitar a compra e acabará partindo para outra opção.

O ideal é verificar se existem pendências financeiras, como taxas de IPTU em aberto, e se o imóvel está regular perante a justiça, sem disputas por herança ou penhoras judiciais. Lembre-se de que a compra e venda imobiliária, por si só, já é burocrática. Facilite a venda.

2. Decoração

Com a pandemia, o tour virtual se tornou essencial para que os corretores de imóveis conseguissem continuar vendendo, mas não adianta mostrar o espaço sem a decoração, pois fica difícil de se imaginar morando em um local vazio, certo?

Segundo uma pesquisa da National Association of Realtors relata que 62% dos corretores de imóveis descobriram que casas mobiliadas ficam menos tempo disponíveis no mercado e aumentam o preço da venda.

Por isso, a dica é adotar a simulação virtual dos ambientes, onde é possível colocar toda a decoração e móveis conforme o gosto do potencial cliente. É uma ferramenta de marketing incrivelmente eficaz para mostrar o que pode ser feito naquele ambiente. A diferença entre exibir uma sala vazia e uma sala encenada são dois mundos diferentes.

3. Deixe o local limpo e arejado

Quando o cliente for conhecer o imóvel, garanta que o local esteja limpo e agradável para visitação. Deixe os cômodos arrumados e ordenados para trazer aos olhos do comprador o brilho de quem encontrou a sua futura propriedade. Essa é a primeira forma de conquistar sua atenção e mantê-lo interessado na sua venda, sem ter que desviar para um próximo imóvel por encontrar uma propriedade mal cuidada.

Retire tudo o que não contribuir para uma boa ambientação e, se possível, abra as janelas. A incidência de luz natural contribui para uma experiência positiva e ainda mostra aos interessados que sua casa é um local com boa circulação de ar e incidência de luz solar.

Além de o sol contribuir para a economia de energia, ele ainda diminui as chances de mofo, bolor e umidade, vilões de qualquer visita imobiliária.

4. Negociações

Às vezes, é difícil vender o imóvel exatamente pelo valor que você está imaginando de início, portanto, esteja aberto para negociar com o interessado na propriedade formas que facilitem o pagamento. Tenha em mente que o momento é difícil para todos e o ideal é você personalizar preço e possibilidades para que o comprador consiga pagar as parcelas.

Se houver muita inflexibilidade da sua parte para conversar sobre valores, o comprador pode se desinteressar muito rápido. Procure entender a situação do cliente e, se o valor que ele propôs está muito abaixo do que o informado por você no seu anúncio de vendas, tente mostrar os seus pontos e chegar a um acordo que seja bom para as duas partes.

Mostre a ele os pontos positivos da sua propriedade, destaque que a documentação está em dia, que o imóvel está em excelente estado de conservação e faça o seu preço parecer justo. Tenha uma margem para negociação. Desta forma, você não perde nem o dinheiro e nem a venda.

5. Capriche no anúncio de venda

Para vender imóvel rápido, é imprescindível que você capriche no anúncio divulgado. Não adianta ter a casa ou o apartamento mais incríveis do mundo se ele chegar aos interessados de forma incompleta ou insatisfatória.

Procure detalhar bem as características do imóvel, como metragem, número de cômodos, existência de áreas externas e áreas de lazer, quando houver. Liste, também, se existem armários embutidos ou móveis planejados.

Na hora de falar sobre a propriedade, enfatize qualidades como localização, segurança, amplitude e possibilidades de personalização. Deixe as formas de contato bem visíveis para facilitar o agendamento de visitas.

6. Registre boas imagens para divulgação

Além de uma boa descrição do anúncio, você precisa mostrar ao potencial comprador como é a propriedade. Tire boas fotos da sua casa ou apartamento e, for possível, faça a decoração virtual dos ambientes. Use a luz natural sempre que puder para clicar as áreas externas e mostrar os pontos positivos que o ambiente possui.

Dentro da propriedade, procure ângulos que favoreçam os cômodos e evite cliques sem sentido, como registro de quinas ou espaços tortos. Mantenha-se alinhado para criar um ângulo horizontal agradável para quem vê a fotografia. Se for fotografar na vertical, atente-se também a este detalhe e garanta que a câmera está o mais reta possível.

Não se esqueça de que as fotos do anúncio do seu imóvel são o primeiro convite para interessar os clientes e devem estar bem bonitas e atrativas.

Comments are closed