Brasileiro se destaca com revitalização de áreas residenciais na Flórida

Brasileiro se destaca com revitalização de áreas residenciais na Flórida

Leandro Otávio Sobrinho, empreendedor e developer imobiliário, vem investindo em um mix de lançamentos em regiões menos exploradas pelos grandes players

O mercado imobiliário americano é bastante diferente do brasileiro e para se destacar, é necessário conhecimento e criatividade. O empreendedor brasileiro Leandro Otávio Sobrinho descobriu um nicho para lançar seus empreendimentos, especialmente na área central da Flórida: a construção de casas em regiões menos exploradas pelas grandes construtoras.

Segundo Leandro, a proposta é construir casas acessíveis que se destacam na vizinhança. “São imóveis de dois andares, garagem, varanda, suíte master, closet, enfim, casas como as que são levantadas em grandes bairros”, detalha.

Ele ainda ressalta que, ‘’por estarem em regiões mais antigas da Central Florida, o empreendimento ajuda a revitalizar a vizinhança, inclusive motivando a vizinhança a fazerem manutenções e remodelarem suas casas, pois a construção de novas casas valoriza toda a região”, atesta.

developer imobiliário também informa que está trazendo para o estado da Florida o estilo arquitetônico adotado na Califórnia. “Orlando é uma região em que as casas são muito parecidas, já na Califórnia se vê uma arquitetura mais moderna. Estou trazendo esse conceito também para casas populares e de preço médio. Imagine um bairro que tem casas de 1960-1970, e você chega com uma proposta de casa moderna e bonita, isso valoriza toda a rua”, conceitua.

Outro estilo residencial que o empreendedor brasileiro está investindo é o de townhomes, equivalente as casas geminadas no Brasil. Esses projetos trazem imóveis com valor mais acessíveis para as regiões e são muito desejados pelas famílias.  

Leandro justifica o lançamento dos empreendimentos nesta região central da Flórida porque alguns desses condados são bem conectados a Orlando. “Muitas delas são cidades dormitório, de pessoal que trabalha em Orlando e quer uma casa um pouco maior, mas como comprar em Orlando é mais caro, eles acabam indo para essas periféricas que estão a meia hora, 40 minutos de distância do centro de Orlando”.

Comments are closed