Casai e Nomah anunciam sua fusão e se consolidam como líder no mercado de short term rentals da América Latina

Casai e Nomah anunciam sua fusão e se consolidam como líder no mercado de short term rentals da América Latina

Nico Barawid, da Casai, e Thomaz Guz, da Nomah
Fotos: Rogerio Pallatta.

A Casai, a proptech líder no mercado de aluguel de curto prazo na América Latina, e a Nomah, um dos principais players do mercado de estadias de curto prazo no Brasil, anunciaram hoje um acordo definitivo de fusão para criar a maior empresa de short term rentals da região.

A fusão inclui um aumento de capital, feito pelos atuais investidores das duas empresas – Andreessen Horowitz e Monashees – e pelo Grupo Loft. A Loft adquiriu a Nomah em 2020 e terá participação na empresa combinada.

“Juntos, teremos mais de 3 mil unidades para atender aproximadamente 200 mil hóspedes nas grandes capitais do Brasil e México, o que nos permitirá construir escala de forma sustentável para este negócio inovador”, Barawid, CEO da Casai, diz.

Neste primeiro momento, ambas as empresas manterão suas marcas. “Estamos entusiasmados com a oportunidade de consolidar nossa expertise e continuar entregando a melhor experiência em estadias de curta duração na América Latina. Este é o começo de um novo momento em que seremos capazes de dobrar nossa capacidade e aprimorar nosso atendimento para uma experiência ainda melhor para nossos hóspedes”, explica Thomaz Guz, CEO e fundador da Nomah.

Casai e a Nomah nasceram com o propósito de mudar a forma como as pessoas viajam e oferecer uma mistura de experiência em casa e hotel por meio de estadias flexíveis em apartamentos. De um lado, Casai foi uma das startups mais bem sucedidas em oferecer um experiência 5 estrelas para seus hóspedes. Por outro lado, Nomah cresceu rapidamente por meio de sua forte parceria com os principais parceiros imobiliários brasileiros. As expertises complementares criam uma combinação perfeita na fusão.

“A hospitalidade é um dos maiores fatores que contribuem para o desenvolvimento econômico da região. Ao longo dos últimos anos, mais e mais pessoas descobriram a cultura, gastronomia, paisagens e história da América Latina. A fusão é um passo gigantesco na indústria hoteleira da região”, diz Barawid.

Os executivos revelam que esta transação dará vida a um novo modelo de empresa capaz de sustentar o crescimento e ser rentável. Nico assume como CEO da nova empresa, enquanto Thomaz será nomeado presidente, responsável por integração, cultura, pessoas, estratégia, relações públicas e equipe da Nomah durante a integração.

Além disso, a nova empresa vai oferecer opções de compra de ações – stock options – a todos os funcionários. “Queremos que todos os colaboradores se sintam donos do negócio, com o objetivo de construir uma empresa que transforme a forma como as pessoas se hospedam e investem no mercado imobiliário. Isso é só o começo”, completa Thomaz.

Comments are closed