Construtora Danpris de olho no mercado de médio padrão

Construtora Danpris de olho no mercado de médio padrão

A Construtora Danpris quer expandir o foco de atuação a partir desse ano com projetos para Osasco e região e estuda ampliar sua linha de atuação focando também no médio padrão – “temos terrenos interessantes e queremos focar em projetos de médio padrão. Estamos animados com o momento especial que o setor está” — destaca Dante Seferian, CEO da construtora que foi destaque em Osasco pelos projetos focados no Plano Minha Casa Minha Vida.Dante afirma que esse aumento da procura por empreendimentos econômicos ajudou no crescimento da Construtora nos últimos anos – “Ano passado chegamos a quase 1 mil unidades lançadas, retomamos a contratação de mão de obra, investimos em empreendimentos completos, com metragens entre 30 m² e 55 m² em locais com acesso fácil às estações de trem, escolas, hospitais e comércio, itens pensados para facilitar a vida do morador e a nossa expectativa para esse ano segue otimista, quando esperamos dobrar o número de lançamentos e voltar ao médio padrão”.

Para Dante, dois pontos interessantes que merecem destaque em 2020 são o otimismo do mercado e a expectativa de crescimento do setor. Outro fator importante é em relação às taxas de financiamento — “Com a queda dos juros, as pessoas que estão querendo adquirir um imóvel, começam a perceber que podem comprar um imóvel maior, que isso pode valorizar o patrimônio, já que a renda a ser comprometida na hora de fechar o negócio ajuda a pensar em um empreendimento mais caro, com taxas atraentes para financiamento. Uma pessoa que no ano passado queria adquirir um imóvel de R$ 400 mil, hoje com os juros de financiamento imobiliário mais baixos, começa a perceber que pode adquirir um empreendimento de R$ 600 mil”.Para o CEO há uma forte tendência de retomada do setor imobiliário, já que nos últimos meses o interesse das pessoas em comprar um imóvel para morar e também para investir cresceu muito.

Landbank


Ainda de acordo com Dante além dos terrenos na região metropolitana de São Paulo, ele também está de olho no interior. “Estamos estudando a possibilidade de construir em novas cidades, já sabemos que Minha Casa Minha Vida funciona bem em São Paulo e na região metropolitana, e estamos estudando lançamentos em outras cidades”, afirma. “Temos estoque de terrenos disponíveis para desenvolvimento de projetos. E queremos aumentar nosso landbank, pois acreditamos muito no crescimento da demanda, que está reprimida” finaliza.

Comments are closed