Em SP e RJ, bairros mais afastados do centro registram alta no preço do m², enquanto regiões comerciais sofrem desvalorização

Em SP e RJ, bairros mais afastados do centro registram alta no preço do m², enquanto regiões comerciais sofrem desvalorização

Os bairros mais distantes dos centros comerciais de São Paulo e Rio de Janeiro registraram a maior alta no preço do m² nos últimos seis meses, mostra o Índice QuintoAndar de Aluguel. O indicador, compilado pela plataforma líder nacional no segmento de aluguel, leva em consideração preços efetivamente usados em contratos fechados, mais precisos do que informações baseadas em valores de anúncios.

Em São Paulo, a Vila Formosa foi a região mais valorizada no último semestre, com alta de de 25,5 pontos percentuais no preço por m², seguida por Jd. São Savério (17,7 p.p) e Jd. Estér Yolanda (17,4 p.p), ambos na Zona Oeste da capital paulista. No Rio de Janeiro, o maior avanço do metro quadrado para aluguel foi em Taquara (19,8 p.p), seguida por Vl. Isabel (17,2 p.p) e Recreio (16,4 p.p).

O indicador aponta também as regiões que apresentaram desvalorização no preço do metro quadrado, nos últimos seis meses. Em São Paulo, as maiores retrações foram Centro (16,7 p.p), Santo Amaro (16,6 p.p) e Liberdade (13,3 p.p). Já no Rio de Janeiro, os bairros que mais sofreram com a baixa nos preços foram Santa Teresa (19,8p.p), Centro (13 p.p) e Grajaú (7,9 p.p).

“As pessoas continuam buscando mais espaço e economia, e o Índice QuintoAndar está mostrando o efeito disso nos preços dos imóveis”, diz Fernando Paiva, Head de Dados do QuintoAndar. “Essa redistribuição de demanda explica essa dinâmica de valorização em bairros mais afastados e de baixa naqueles mais comerciais e próximos do centro.”

Entre os bairros com metro quadrado de aluguel mais caro em São Paulo está a Vila Olímpia, com média de R﹩ 56,3 por m², seguida por Pinheiros e Vila Nova Conceição. Já no Rio de Janeiro, a lista dos bairros mais caros é liderada por Ipanema, com valor médio de R﹩ 48,9, acompanhado por Leblon e Botafogo.

Preços

Em fevereiro, o Índice QuintoAndar mostrou que o valor médio do aluguel residencial por m² em São Paulo aumentou 0,97% comparado a janeiro desde ano. No Rio de Janeiro, a variação mensal foi de 1,06%. Em ambas regiões, no acumulado dos últimos 12 meses, a situação é inversa, com queda de 6,23% na capital paulista e baixa de 2,51% na capital fluminense.

O indicador aponta também a distância entre as médias de preços dos anúncios em relação àqueles realmente utilizados nos aluguéis. Em fevereiro, os anúncios indicaram valores em média 10,56% acima da realidade do mercado em São Paulo. Já no Rio a diferença média a mais dos anúncios foi de 14,33% no mesmo período.

Comments are closed