Franquia de multipropriedade pretende vender R$ 180 milhões em 2021

Franquia de multipropriedade pretende vender R$ 180 milhões em 2021

Apesar de o setor hoteleiro ter sido um dos mais prejudicados com o isolamento social, já existem sinais de recuperação. De acordo com dados do Sabre, empresa de tecnologia de viagens, agosto foi um mês bem positivo para as companhias aéreas, pois registrou redução de apenas 47%, em relação a quedas mais baixas, de 76% e 56% de maio a julho. Com uma recuperação na região latino-americana sendo liderada pelo México e Brasil, o setor vai se ajustando, de acordo com a situação da demanda.

No caso dos resorts espalhados pelo Brasil, os volumes atuais de reservas já superam 60% do período de pico pré-pandemia e é provável que, até o final do ano, as principais propriedades atinjam o limite máximo de ocupação permitida ao menos nos períodos de pico, como feriados e finais de semana.

Pensando em aproveitar esse mercado, a 2Share, rede de franquias de multipropriedades e serviços de férias , quer abrir 50 novas franquias até o final de 2021.

“Somos uma franquia de vendas de multipropriedade e de serviços de férias. Nosso objetivo é unir a experiência e serviços dos melhores hotéis e resorts do mundo a um imóvel próprio para as férias em família. Temos um portfólio de produtos com marcas premium e internacionais reconhecidas e desejadas e, além disso, um método de vendas pioneiro e inovador, sem concorrência direta e com um mercado em potencial que apresenta números surpreendentes a cada trimestre”, explica Ademar Brumatti Jr, Diretor-Presidente da 2Share.

A rede de franquias de multipropriedade e serviço de férias foi testada, implementada e consolidada em diversas regiões do país. Além disso, é um modelo de vendas online replicável e descomplicado e oferece um mix de produtos para diversos perfis. Outro ponto importante que precisa ser destacado é que é um modelo que não tem concorrência direta.

Modelo de negócio

O empresário que adquirir uma franquia 2Share tem que apresentar disponibilidade para o negócio, capacidade financeira para operação, habilidades comerciais e gerenciais, liderança e habilidade para lidar com pessoas. “O desafio diário do franqueado é promover, de forma satisfatória, produtos renomados e internacionais, além de inserir técnicas de vendas e aplicar o know-how da franqueadora. Assim, temos certeza do sucesso do negócio”, afirma Brumatti.

O modelo de negócio oferecido pela 2Share contempla lojas físicas, chamadas de Stand Alone, e também o formato home office, onde o franqueado terá autonomia, liberdade e inovação e pode trabalhar de qualquer lugar, pois a franqueadora oferece uma plataforma digital que permite explorar o potencial do mercado brasileiro e também realizar vendas online.

O investimento total para a aquisição do modelo home office é de R$ 30 mil e o franqueado vai ter o direito de uso da marca, transferência de know-how, treinamento para capacitação, auxílio para o lançamento, cessão de manuais operacionais, consultoria online, avaliação de desempenho e acesso à tecnologia da plataforma. A projeção do valor geral de vendas anual de uma franquia é de R$ 4 milhões e o prazo médio para o retorno do investimento é de 9 meses.

Já o empreendedor que escolher o modelo Stand Alone, vai ter uma loja moderna e atraente, com duas propostas de operações, para vendas diurnas e noturnas: enquanto a operação diurna tem uma estratégia de venda baseada em relacionamento e interatividade, a venda noturna é fundamentalmente concebida como um evento e com caráter receptivo. “O espaço é montado para atender os dois modelos, com especificidades distintas. O visual da loja traz exclusividade para um modelo que apresenta inovação e torna o processo de venda para o cliente uma verdadeira experiência”, complementa o Diretor-Presidente.

O investimento para ter uma loja Stand Alone é a partir de R$ 240 mil, com metragem mínima de 80 m² e a projeção do valor geral de vendas anuais de R$ 25.9 milhões, com prazo médio de retorno em 12 meses. O franqueado conta com suporte completo, onde tem a consultoria de campo. A 2Share ajuda o franqueado desde a validação do ponto comercial até o treinamento de gestão do empresário e de sua equipe.

Projeções

Um dos maiores objetivos da rede é desmistificar o mercado de multipropriedade no Brasil, ou seja, fazer com que as pessoas compreendam que as frações imobiliárias oferecem a segurança e estabilidade de um bem próprio, além de provar que, por meio do sistema de multipropriedade, é possível comprar um bem de luxo e pagar somente pelo que vai usar, tornando o valor atrativo.

A 2Share é uma empresa da VCI, incorporadora e desenvolvedora de produtos premium com marcas internacionais de hotelaria. Atualmente, são nove projetos em diferentes fases, sendo três em construção, dois em comercialização, Residence Club at the Hard Rock Hotel Fortaleza e Residence Club at the Hard Rock Hotel Ilha do Sol, e seis em desenvolvimento.

“Com os dois atuais empreendimentos que estão sendo comercializados, os franqueados da rede contam com mais de 17 mil frações para venderem. Além disso, a empresa conta com um pipeline com vários empreendimentos a serem lançados nos próximos anos, dentre eles, mais dois no ano de 2021”, explica Brumatti.

Atualmente, a 2Share conta com 10 franquias, nove no modelo home-office e uma loja Stand Alone, em Balneário Camboriú, que será inaugurada até o final de 2020. O fundador da rede planeja que, até o final de 2021, sejam mais de 50 franquias espalhadas pelo Brasil e projeta vender R$ 180 milhões.

“Sabemos que o mercado está aquecido e nossos produtos são diferenciados, somos a única marca que trabalha com marcas internacionais e premium. Temos um grande potencial e somos pioneiros na comercialização de multipropriedades de hotéis de luxo”, finaliza o Diretor-Presidente.

Comments are closed