Grupo Lopes cresce 48% no primeiro trimestre de 2021

Grupo Lopes cresce 48% no primeiro trimestre de 2021

O desenvolvimento da plataforma digital Lopes Labs é prioridade para a Companhia que já atingiu 1 milhão de sessões em março passado, representando crescimento de mais de 230% em relação ao mesmo período de 2020

O Grupo Lopes Brasil (LPSB3), líder no mercado imobiliário e uma das empresas mais admiradas do país, apresentou uma evolução positiva nas intermediações próprias (VGV Intermediário) no primeiro trimestre de 2021 de R$ 750 milhões, o que representou crescimento de 48% em comparação ao mesmo período do ano passado, anuncia o presidente da Companhia, Marcos Lopes.

Esse resultado foi impulsionado pela performance das operações de financiamento imobiliário da CrediPronto, joint-venture da Lopes e Banco Itaú. O volume de originação da Credipronto atingiu o valor de R$ 1,4 bilhão no primeiro trimestre de 2021, representando crescimento 177% superior quando comparado com janeiro a março de 2020. Esse resultado está em linha com o excelente desempenho da empresa no ano passado ao atingir volume de financiamento da ordem de R$ 3 bilhões, alta de 83% em relação a 2019. Em 2020, o total de contratos financiados foi de 9 mil, representando aumento de 81% em comparação com ano anterior. Em 2020, a CrediPronto obteve crescimento de 86% enquanto o mercado de crédito imobiliário encerrou o exercício com alta de 60%, de acordo com dados da ABECIP.

A mesma tendência de alta foi observada no segmento de franquia de lojas. Nos três primeiros meses de 2021, a Rede Lopes alcançou VGV Intermediário de R$ 1,19 bilhão, aumento de 68% em comparação ao mesmo período do ano passado. Esse crescimento nas intermediações de vendas de imóveis sinaliza a consolidação do modelo de negócio com foco na construção de uma rede de franquia nacional no segmento imobiliário, que permite maior velocidade e melhor atendimento aos consumidores do mercado secundário. “Estamos bastante satisfeitos com a consistência desse ambiente de rede, presente em todos os mercados imobiliários maduros no mundo, mas que sempre foi muito desafiador de se aplicar no Brasil”, assinala Marcos Lopes.

Além dos bons resultados relativos ao primeiro trimestre, o Grupo Lopes projeta um pipeline de lançamentos de imóveis de R$ 14,1 bilhões em 2021. Desse total, R$ 7,4 bilhões são relativos à participação direta da Companhia nos empreendimentos. Segundo Marcos Lopes, esse dado representa crescimento da ordem de 62% em 2021 em comparação ao volume lançado no ano passado, e reflete um ambiente mais otimista do mercado”.

Após o momento mais crítico provocado pela pandemia, o Grupo Lopes vem observando uma melhora gradual no mercado imobiliário, principalmente com a retomada dos lançamentos, que foram fortemente impactados no primeiro semestre do ano passado. Os resultados observados pela Companhia no quarto trimestre de 2020 foram uma combinação de recuperação no mercado primário através das operações próprias, recorde de intermediação nas operações franqueadas e excelente desempenho também da CrediPronto. Dessa forma, os resultados no período foram sólidos em todas as frentes de negócios.

As vantagens competitivas da Lopes são representadas pela alta capilaridade, força comercial e diversificação de produtos oferecidos. Conta com uma estrutura composta por 120 lojas próprias e cerca de 10.000 corretores associados distribuídos em 9 Estados e no Distrito Federal, além do portal na internet que recebe a cada ano mais de 15 milhões de acessos únicos.

No acumulado do ano passado, o Grupo Lopes atingiu VGV total de R$ 3,8 bilhões e Ebtida de R$ 58,8 milhões – aumento de 48% em relação ao ano anterior. Com o resultado, a empresa registrou em 2020 um lucro líquido de R$ 8,7 milhões.

Plataforma Digital

As iniciativas digitais permanecem estratégicas para o Grupo Lopes, tendo registrado uma evolução relevante em indicadores de tráfego e geração de leads, principalmente na geração de leads orgânicos vindos do portal, reforçando a relevância da marca Lopes no mercado imobiliário.

O número de visitantes da nova plataforma digital do Grupo Lopes alcançou aproximadamente 1 milhão de sessões em março de 2021 contra 300 mil do mesmo período de 2020, representando crescimento de mais de 230%. A nova versão do portal da Lopes foi lançada no final de julho do ano passado e a evolução de sessões nos últimos sete meses atingiu alta de 130%.

Já o número de visitas no Portal da Lopes e no Blog cresceu 258% quando comparamos o 4T20 com o 4T19, o que indica a existência de mais pessoas acessando o principal canal digital do Grupo. A taxa de conversão desses visitantes em leads, ou seja, clientes que geram um contato para falar com nossos corretores associados, cresceu 0,34 p.p. no mesmo período, 4T20 versus 4T19.

Mais pessoas visitando o portal da Lopes, combinado com uma melhor taxa de conversão, permitiu crescer 339% o volume de leads originados, quando comparamos 4T20 com 4T19. Leads são o principal combustível para as operações da empresa e seus corretores associados.

Segundo a ferramenta SEMrush, o portal saltou de 5.800 para 33.000 palavras-chave sobre o tema “mercado imobiliário” após a “virada” do site, um crescimento de quase cinco vezes, transformando o Grupo Lopes num dos Top 3 do Google no segmento imobiliário no Brasil.

Essas métricas digitais, afirma Marcos Lopes, “demonstram que foi correta a decisão do Grupo Lopes em investir em inovação e tecnologia para desenvolver sua plataforma digital. Apesar do curto espaço de tempo para que os projetos comecem a dar retorno, já é perceptível sua importância”.

Com parte do aporte de R$ 147 milhões captados junto ao mercado em 2019, a empresa criou o Lopes Labs, braço digital formado por um time de 120 colaboradores especialistas em Inovação/TI, Planejamento e Marketing que atuam como uma rede de inteligência conectada em todo o país. “A decisão de constituir o Lopes Labs foi um passo importante para viabilizar o processo de transformação digital da empresa, reforçando nosso posicionamento como referência no mercado imobiliário”, salienta o presidente da Lopes.

Vale destacar que a Lopes possui um grande ativo: a base de dados, que permite trazer inteligência à operação e melhorar a experiência dos públicos envolvidos. A empresa conta com uma base aproximada de 9 milhões de clientes, 265 mil imóveis cadastrados com atualização constante e sem duplicidade, e um histórico de décadas de transações realizadas no mercado imobiliário brasileiro. “Através da inteligência de dados, estamos desenvolvendo alguns algoritmos que nos ajudam a ser mais eficientes no momento de fazer o “tri-match” entre cliente, imóvel e corretor”, assinala Marcos Lopes.

Na sua opinião, a Companhia conseguimos avançar bem sua transformação digital. Desde o final de 2020 a empresa deu início ao processo de transformação baseado em inteligência artificial (AI Trasformation), extraindo resultados a partir dos dados e do constante feedback de nossos usuários (cliente final, incorporador, proprietário, corretor e franquia).

Alguns exemplos de iniciativas baseadas em inteligência artificial que começaram no final do ano passado são o Lopes Avalia e a Oferta Ativa Inteligente. No Lopes Avalia já foi entregue para algumas de nossas franquias em São Paulo e seus corretores associados, um sistema que irá ajudar corretor e proprietário a definirem o preço certo para cada imóvel, baseado no histórico de 15 anos de dados que temos em nossa base, o que aumenta as chances de venda do imóvel. Essa avaliação tende a ficar melhor a cada nova venda que é feita e os novos dados são avaliados pelo algoritmo.

Comments are closed