Mercado imobiliário faz adaptações para atender clientes a distância

Mercado imobiliário faz adaptações para atender clientes a distância

Durante esse período de atenção e cuidados redobrados para evitar a disseminação do novo coronavírus (COVID-19), a MRV, plataforma líder em soluções habitacionais, se reinventou para proteger e facilitar a vida dos futuros moradores e dos seus colaboradores. Duas ações até então presenciais, tiveram seus processos reformulados totalmente para o virtual, uma delas é a reunião de implantação de condomínio, na qual se decide uma série de temas importantes para a vida em comunidade e a outra é a visita à obra, quando o residencial atinge mais de 70% de conclusão e os clientes podem conhecer pela primeira vez o local onde vão morar.

A implantação de condomínio virtual foi uma maneira prática e segura que a companhia encontrou para organizar a primeira reunião que define assuntos administrativos e de convívio em um novo empreendimento. Esta reunião, que é feita por meio de videoconferência, garante que se eleja o síndico e todo o corpo administrativo do residencial, além de definir questões relacionadas a custos e regras básicas de convivência. A empresa tem, inclusive, percebido um aumento expressivo no quórum dessas assembleias.

Já o processo de visita à obra, é uma etapa muito importante da jornada do cliente. É nesta fase que ele vê de perto o canteiro de obra se transformando no seu futuro lar, as áreas comuns e os modelos de apartamentos. Nesse novo formato digital, a própria equipe de obra grava as imagens das áreas comuns e internas explicando todo o processo de andamento da obra, exatamente como fariam se a visita fosse presencial e, em seguida, o vídeo é divulgado no Youtube para os clientes.

“Os clientes reagem super bem, comentam, agradecem e compartilham nas suas redes sociais a emoção e felicidade com a visita. O Visita à Obra sempre foi um momento de muita conexão do cliente com a MRV, pois é quando essas famílias começam a materializar o sonho, a projetar suas vidas ali. E o projeto Visita à Obra Em Casa, surgiu em meio à pandemia, quando por uma questão de saúde e segurança, nos vimos impedidos de levá-los pessoalmente às obras. Foi um gatilho que acelerou uma tendência, que é o crescimento das experiências e relações virtuais”, reforça Joice Cristina, gestora executiva de Relacionamento com Clientes.

Comments are closed