Oico, marketplace de material de construção, anuncia rodada seed de R$ 30 milhões

Oico, marketplace de material de construção, anuncia rodada seed de R$ 30 milhões

A startup de material de construção e tecnologia, Oico, acaba de receber um investimento seed no valor de R$30 milhões. O aporte foi liderado pelo Valor Capital Group, seguido por Tiger Global, CSN – Inova Ventures, Jonathan Wasserstrum – CEO do SquareFoot. Maya Capital e FJ Labs, que já eram investidores, também participaram da nova rodada. A empresa, que tem pouco mais de um ano, recebeu o pre-seed em 2020 no valor de R$ 8,5 milhões.

O novo investimento apoiará o crescimento do marketplace permitindo à Oico construir toda a infraestrutura necessária para expandir e escalar o negócio, hoje presente na região metropolitana de São Paulo. O aporte será investido na contratação de talentos para os times de operação e tecnologia, a fim de aperfeiçoar processos logísticos e tornar a entrega de mercadorias mais ágil. O foco é escalar operações complexas e automatizar processos.

A plataforma, que começou a crescer com demandas por materiais para reformas durante a pandemia, permite que empreiteiras e construtoras encontrem os materiais que precisam de forma rápida, além de gerenciar pedidos, entregas e pagamento em uma só plataforma. “Fundamos a Oico quando percebemos que a experiência atual de compradores profissionais estava quebrada. Eles gastam muito tempo e dinheiro buscando o que precisam em dezenas de lojas e fornecedores locais. A Oico permite que o usuário tenha acesso a produtos com uma experiência rápida, com entrega na obra e faturamento para o cliente final”, diz Pedro Rocha, cofundador da Oico.

A startup foi criada em abril de 2020, em plena pandemia, pelos empreendedores Pedro Dellagnelo e Pedro Rocha. Hoje, o negócio já atende mais de 100 empreiteiras e construtoras, que recorrem à Oico em busca de matéria-prima com frequência e precisam simplificar o processo. “A Oico é a solução ideal para resolver o problema da gestão de compra de material de construção sendo uma parada única para o comprador, otimizando tempo, agregando suas compras e oferecendo entrega e faturamento”, comenta Pedro.

“Apesar de toda a sua relevância para a economia brasileira, o mercado de construção civil ainda tem uma série de dores e ineficiências nos seus processos de compra de materiais, afetando principalmente as pequenas e médias construtoras. Existe uma grande oportunidade no desenvolvimento de soluções tecnológicas que ofereçam uma jornada integrada, desde a cotação até logística, inteligência de preços e financiamento. A solução one-stop-shop da Oico busca retirar as fricções desse processo e entregar uma experiência transformacional não apenas para as construtoras, mas também para as lojas de material de construção, que terão melhores opções de liquidez e acesso a novos clientes, afirma Antoine Colaço, Managing Partner da Valor Capital Group.”

Os investimentos no último ano foram concentrados em automação de processos e aumento da base de lojistas. “Atraímos muitos clientes porque eles não conseguiam encontrar materiais nos fornecedores habituais. Com o tempo, fomos incorporando mais produtos e fornecedores, e esses compradores começaram a comprar cada vez mais materiais da obra conosco”, explica o CEO. “Dessa vez, queremos trazer profissionais de excelência para construir uma operação única e tirar o máximo de aprendizado e valor do negócio, seja construindo processos ou tecnologia de ponta”, diz Pedro.

Comments are closed