Portabilidade do crédito imobiliário gera redução de R$ 500 a R$ 2 mil nas parcelas, segundo Melhortaxa

Portabilidade do crédito imobiliário gera redução de R$ 500 a R$ 2 mil nas parcelas, segundo Melhortaxa

Quem comprou um imóvel a prazo nos últimos anos, durante o período de forte alta da taxa Selic, hoje consegue fazer a portabilidade do contrato de crédito imobiliário de uma instituição financeira para outra e obter cerca de 2,91 pontos percentuais de redução na taxa anual aplicada às parcelas. Essa é a queda média verificada nos contratos de portabilidade efetivados neste ano através da Melhortaxa – a maior plataforma digital de crédito imobiliário do Brasil -, que intermedia as negociações de forma totalmente online entre os clientes e os principais bancos do país e fintechs. Nesse cenário, uma pessoa que fechou um contrato a uma taxa anual de 10,5%, por exemplo, consegue reduzi-la para 7,59%, na média, ao trocar de banco.

“Dependendo do perfil da pessoa e da dívida, tivemos reduções de R﹩ 500 ou até R﹩ 2.000 em parcelas para o mesmo saldo devedor”, detalha Rafael Sasso, cofundador da Melhortaxa. Segundo ele, a maior procura pela portabilidade tem acirrado a concorrência entre os bancos para reter os clientes, derrubando assim as taxas das transações. “O consumidor brasileiro está descobrindo rapidamente a portabilidade e as suas vantagens para as finanças pessoais, o que é muito importante neste momento de crise. Com a queda na Selic para 3% ao ano, a portabilidade se tornou uma opção bastante oportuna para reduzir as despesas, e queremos capturar parte desse mercado que está em ampla expansão”.

Conforme dados divulgados, nesta quinta-feira (04/06), pelo Banco Central no Relatório de Economia Bancária 2019, houve um aumento de 200% nos pedidos de portabilidade no ano passado em relação a 2018, com um total de 4.610 pedidos efetivados. Somente neste primeiro trimestre, foram efetivados 2.201 pedidos – quase metade do ano passado. Nesse mesmo período, ocorreu uma alta de 150% nos pedidos efetivados, que passaram de 167 para 417 .

Simulador de portabilidade mostra economia no valor total da dívida

Fizemos algumas simulações de portabilidade ressaltando a magnitude do seu impacto no orçamento familiar. No primeiro caso, a portabilidade de um imóvel de R﹩ 950 mil permitiu uma redução nos juros mensais de 11,24% para 7,3%. Com isso, o valor da mensalidade caiu de R﹩ 8.471,05 para R﹩ 6.389,52, gerando uma economia no montante final de R$ 364.804,77.

Comments are closed