QuintoAndar: proprietários estão mais abertos a negociar IGP-M por conta da pandemia

QuintoAndar: proprietários estão mais abertos a negociar IGP-M por conta da pandemia

O índice Geral de Preço Mercado (IGP-M) segue em disparada e preocupa quem mora em casa de aluguel. Os últimos dados divulgados mostram uma alta de 4,34%, contra 2,74% em agosto. Observando o aumento crescente do Índice e a instabilidade causada pela a pandemia, o QuintoAndar, plataforma imobiliária com mais de R$ 30 bilhões em ativos sob gestão, iniciou uma força tarefa para auxiliar inquilinos a negociar com proprietários o valor do aluguel e a própria aplicação do IGP-M. A ação foi bem recebida e, desde abril, mais de 6.100 proprietários aceitaram negociar mudanças na aplicação do IGP-M para inquilinos.

O contexto de pandemia foi o principal fator para que os proprietários estivessem abertos para uma negociação, já que muitas famílias tiveram a renda reduzida. Para Jonas Marchetti, Diretor de Crédito do QuintoAndar, a melhor abordagem é ser transparente e deixar claro a intenção do reajuste para o proprietário. “Isso ajuda a deixar claro que a ideia é manter o aluguel em dia e evitar qualquer tipo de problema”, explica Jonas.

Mas vale ter em mente que a renda do dono do imóvel pode depender diretamente do aluguel e, por isso, nem sempre ele poderá abrir mão totalmente de um aumento. Nesse caso, o ideal é tentar chegar a um meio termo que seja viável para ambos.

Comments are closed