Startup inova com app de troca de produtos e serviços entre vizinhos

Startup inova com app de troca de produtos e serviços entre vizinhos

Nova funcionalidade da Condofy estimula conexão entre condôminos e já está disponível para moradores do mesmo prédio

Estamos acostumados com aplicativos de compartilhamento como Uber, Airbnb e Bla Bla Car, mas na hora de pequenos imprevistos, ainda precisamos recorrer a conhecidos. Quem nunca precisou pedir algo a um vizinho num momento de necessidade ou emergência? Açúcar, ferramenta de manutenção ou mesmo um utensílio doméstico. Esse hábito era muito comum antigamente e hoje volta à tona com as facilidades que a tecnologia e a internet são capazes de oferecer, através de um aplicativo que pode, além de conectar um vizinho ao outro, promover uma relação de empatia entre eles. Foi pautada por essa ideia que a administradora Condofy, acostumada a inovar na gestão de condomínios e nos relacionamentos entre vizinhos, desenvolveu um novo produto chamado Comunidade Condofy, dentro de seu aplicativo.

Segundo o CEO da empresa, Bruno Cordeiro, o Comunidade oferece a troca de objetos como bicicletas, ferramentas, eletroeletrônicos, eletrodomésticos e também prestação de serviço (como aulas, serviço de babá, etc) entre vizinhos de um mesmo prédio, de maneira segura e de forma gratuita. “Para mim, é muito importante estabelecer o contato de morador com morador. Com essa nova função dentro do app da Condofy, disponível a todos os moradores dos condomínios que administramos, o usuário terá acesso ao empréstimo de produtos e serviços sem sair de casa. Isso cria um sentimento de comunidade, além de facilitar a vida dos condôminos e estabelecer um relacionamento saudável de gentileza entre eles”, comenta o executivo. 

A tecnologia desenvolvida é uma grande novidade no mundo de aplicativos no Brasil, isso porque, além da troca, a plataforma foi pensada também para a prestação de serviços. Com o app da Confody, a pessoa pode ampliar a sua renda já que, a partir da ferramenta, é possível que o usuário faça a venda de um bolo, uma caneca ou até mesmo um serviço como passeador de cães e aulas particulares para as crianças. Ao colocar no ar a funcionalidade, a startup finaliza o seu projeto inicial de aplicativo, que exigiu um investimento de cerca de R$ 1 milhão para o desenvolvimento.  

Mas a inovação não para por aí: em breve, o aplicativo estará disponível não apenas para moradores de um mesmo condomínio, mas também para os vizinhos da rua e até mesmo do bairro. “Iniciamos as atividades da funcionalidade (de compartilhamento) no aplicativo dos nossos condomínios parceiros neste momento, prezando pela troca e aproximação entre pessoas que estão dentro de um mesmo condomínio. Mas está em nossos planos expandir ainda mais essa facilidade para a mesma rua, bairro e região do usuário”, anuncia o empreendedor. Desse modo, mais pessoas poderão participar desta corrente de solidariedade e sintonia com o próximo.

Para quem consegue visualizar essa realidade no próprio condomínio, é importante destacar que a Condofy atua em todo território nacional, inovando a administração condominial. “Sabemos que um prédio é mais do que várias casas juntos, e sempre trabalhamos para que a convivência e as relações sejam as melhores possíveis dentro desse espaço”, finaliza Bruno.  

Comments are closed