Warren desenvolverá fundos imobiliários próprios

Warren desenvolverá fundos imobiliários próprios

A parceria tem como objetivo investir em empreendimentos residenciais para venda, aproveitando o momento positivo do setor

O mercado imobiliário continua muito aquecido durante a pandemia, com recordes históricos de vendas e concessões de financiamento. O cenário de juros baixos e a disponibilidade de crédito, aliada à demanda de 12 milhões de moradias no Brasil (número pouco menor que o estoque atual de moradias do estado norte-americano da Califórnia e se situa entre o total de residências da Holanda e Polônia), fez com que crescesse o interesse de investidores pelo setor, aumentando a procura, mas ainda com pouca oferta de produtos financeiros com essa estratégia.

É de olho neste público que a Warren – gestora, administradora e corretora de investimentos – já selecionou um pipeline junto a incorporadores de longa tradição de R﹩ 100 milhões em projetos que poderão compor o patrimônio dos primeiros FIIs da casa – e se aliou a investidores estratégicos para isso.

Segundo Gustavo Kosnitzer, head de Mercado de Capitais da Warren, a escolha desta estratégia e a parceria com investidores profissionais como a 051 Capital e a Chromo Invest se deu pelo ineditismo da tese e da necessidade de se desenvolver novos ativos: “Com o atual cenário de juros baixos, houve uma grande valorização dos imóveis. Costumamos dizer que gostaríamos de comprar um prédio corporativo locado na Faria Lima que nos rendesse 12% ao ano, mas isso virou um sonho distante. Assim, uma das alternativas para se obter bons retornos é o desenvolvimento ativos imobiliários”, conta.

Por ser uma estratégia com um prazo mais longo de retorno (uma vez que os imóveis têm que ser construídos), trata-se de uma tese para investidores profissionais; por isso a parceria inicial com a Chromo Invest e com a 051 Capital. “Tratam-se de investidores muito importantes, pois além de chancelar nossa estratégia nos investimentos imobiliários, também agregam expertise, já que são décadas de atuação no mercado imobiliário das famílias que compõe as casas”, completa Kosnitzer.

Para o executivo, até mesmo o investidor profissional ainda acessa este tipo de investimento de forma ineficiente. “Os fundos imobiliários são um excelente veículo de investimento para atuação no segmento de incorporação residencial, uma vez que contam com inúmeras vantagens, como a eficiência tributária, diversificação, liquidez e mitigação de riscos. Vamos descomplicar a forma que o Brasileiro investe em imóveis”, finaliza.

Para Luciano Brochmann, gestor da 051 Capital, desenvolver um novo produto com a Warren reforça uma parceria que existe desde o início de ambas as empresas. “O nosso objetivo é dar aos nossos clientes do family office acesso a um produto estruturado, com penetração em todo o mercado incorporador gaúcho, gerido de uma maneira profissional, com uma vantagem tributária e de governança interessante. Tudo isso ancorado a uma plataforma completa com foco no cliente”, declara.

Já para Tiago Wallau Kretzmann, sócio da Chromo – parceiros desde o início da Warren – a estratégia em fundos imobiliários brasileiros se encaixa de forma complementar à expertise da gestora em ativos imobiliários globais. “Vemos grande potencial no mercado residencial brasileiro e buscamos na Warren a capacidade de execução e implementação dessa estratégia. O cenário macro e o pipeline robusto da Warren nos deixam empolgados com o reforço da nossa parceria”, complementa.

Comments are closed